Ghelfond Diagnósticos
Agendamento de Exames
O Movimento popular, conhecido internacionalmente como OUTUBRO ROSA, remete à cor do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação de pessoas, empresas e entidades.
O movimento teve origem nos EUA, onde vários Estados realizavam ações isoladas referentes à conscientização e mamografia no mês de Outubro.
O Ghelfond Diagnósticos apoia e estimula a prevenção como forma de manutenção da saúde.
Realizamos exames de mamografia, ultrassonografia e papanicolau, entre outros.
Saiba mais em www.outubrorosa.org.br
Resultados de Exames
A recomendação para mulheres a partir dos 40 anos é a realização anual da mamografia. Esta é a rotina adotada na maioria dos países que implantaram o rastreamento organizado do câncer de mama. Quando identificado em estágios iniciais, o câncer de mama apresenta prognóstico mais favorável e elevado percentual de cura.
Além desses grupos, há também a recomendação dos exames para mulheres com risco do câncer de mama, cuja rotina deve se iniciar aos 35 anos. Segundo o Consenso de Mama, o risco inclui histórico familiar em parente de primeiro grau antes dos 50 anos de idade ou de câncer bilateral ou câncer de ovário em qualquer idade e histórico de câncer de mama masculino.
O Ghelfond Diagnósticos realiza exames de mamografia. Agenda o seu exame através da Central de Atendimento ou pelo Agendamento Online.
A Radioterapia é administrada geralmente após a cirurgia (ou após a quimioterapia), na região da mama e tem por objetivo eliminar células malignas que porventura tenham sobrado no local, ou próximas de onde foi retirado o tumor. É indicada sempre que for feita uma cirurgia conservadora e em situações nas quais o tumor era grande (geralmente maior que 5 cm) ou quando havia muitos linfonodos comprometidos (geralmente mais que 4). Em pacientes idosas e com tumores pequenos, em alguns casos se opta por poupar a paciente da radioterapia mesmo tendo sido feita apenas uma setorectomia.
A Radioterapia pode ser tanto externa quanto interna. A radioterapia interna, utilizada apenas em alguns centros em nosso país, consiste na aplicação de radioterapia durante o procedimento cirúrgico. Nestes casos pode ser recomendada complementação com radioterapia externa.
A radioterapia mata células tumorais por causar alterações no material genético (DNA), que acaba levando à morte destas células. Saiba mais em http://www.cancerdamama.com/